sexta-feira, 11 de maio de 2012

Sair de casa dos pais

Todos sabemos que uma das fases mais importantes da vida de uma pessoa é o sair do ninho. Deixar a casa dos pais, sair debaixo da asa da mãe e dos olhos de falcão do pai.
Os meus pais são divorciados. Separaram-se quando eu tinha 10 anos. Foi uma separação super tranquila. Nunca os ouvi discutir nem levantar a voz um ao outro. O meu pai até vinha passar o Natal connosco e as épocas importantes. Foi mesmo muito pacífico e posso dizer que não fiquei traumatizada nem sofri com isso. Claro que estranhei mas não foi doloroso nem para mim nem para o meu irmão.
Desde então criei uma relação muito próxima da minha mãe. Temos apenas 20 anos de diferença e sempre fomos muito amigas, muito chegadas, confidentes uma da outra. Mas independentemente da relação que temos com as nossas mães chega sempre aquela altura em que deixamos de ser apenas mãe e filha e passamos a ser duas mulheres feitas a viver na mesma casa. Quando cheguei a essa altura foi caótico. "Chocavamos" uma com a outra constantemente. Estavamos sempre zangadas e reinava um mau ambiente. Até ao dia em que lhe disse "acho melhor ir passar uns tempos com o pai." Acredito que estas palavras lhe devem ter ferido de uma maneira inexplicável. Sempre fomos tão chegadas, sempre ajudei em tudo na casa pois sou a irmã mais velha, a filha responsável. Saí. Foi duro. Chorámos as duas. Tivemos um ou dois meses sem falar bem uma com a outra. Em casa do meu pai foi uma aventura mas correu tudo muito bem. Deu-me o espaço que precisava até começar a trabalhar e ter dinheiro para arrendar uma casa a meias com o meu namorado (agora marido).
Agora já passaram quase 5 anos. Já sou casada, já vou na terceira casa e a minha mãe mudou-se para o Algarve e a nossa relação já está óptima outra vez. Este fim-de-semana ela vem cá acima e fica a dormir lá em nossa casa :)
Como foi a vossa saída do ninho, hum?

3 comentários:

Sunrise disse...

:) As saídas nem sempre são pacíficas, mas ainda bem que no teu caso tudo correu bem.

bjs

http://www.facebook.com/TheNewBlackIs
http://newblackis.blogspot.pt/

Anônimo disse...

:)Olá. É sem dúvida uma fase muito complicada em que temos de lidar com os melhores e os piores sentimentos. Estou a passar por essa fase agora ... estou no momento em que não sei como lhes dizer que quero sair. Que preciso de outra liberdade que ali não consigo ter porque tratam-me como uma criança que vai ficar ali para sempre ...

*C*inderela disse...

a minha até foi "normal", disse apenas que ia casar LOL. demonstramos o nosso interesse em comprar casa e casar e já era coisa que eles já estavam à espera afinal na altura namoravamos à uns 8 anos.
ainda bem que tudo correu bem para ti, às vezes lidar com pais separados é complicado para não ferirmos os sentimentos um do outro.

Bjokas