terça-feira, 8 de maio de 2012

Quando era mais nova e vivia em casa dos meus pais só pensava em viver sozinha. Em ter o meu espaço e chegar à hora que quisesse, jantar o que quisesse, fazer o que quisesse. Há cerca de 5 anos que já vivo assim. Com o marido mas mesmo assim sinto que é o meu espaço. O espaço que pago todos os meses para lhe poder chamar de "meu" ou vá, "nosso".
Ontem lembrei-me dessa sensação maravilhosa que é ter o nosso espaço. Cheguei a casa depois de um longo dia de trabalho e o meu jantar foi duas fatias de pão com requeijão e um copo de vinho. Aiii como é bom não ter que dar satisfações a ninguém! Eheheh

4 comentários:

Martine disse...

Como é bom e não só bom, como é óptimo! Eu, pessoalmente, também adoro viver por minha conta e com uma casa onde nela decido eu as coisas.

Um beijinho

MissApuros disse...

Não há nada melhor do que ter o nosso espaço onde possamos fazer o que bem nos apetecer.

bjinhos

Nokas disse...

Sabe tão bem :)

Isa disse...

Hihihih é mesmo.
Ainda ontem cheguei a casa e "enfardei": 1/2 baguette com manteiga e um café. Depois senti-me frustrada e fui passar a ferro. Fiz carbonara para minhas filhas e decidi que estava de castigo e não jantei. Fui passar a ferro outra vez, para aprender. Antes de ir dormir comi 2 rodelas de abacaxi. Em casa dos meus pais eu que nem pensasse em não jantar :)