quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Então e bebés?

A seguir ao casamento a pergunta de ordem é "Então e bebés?".


Sim, eu sei que faz sentido, é o ciclo da vida, blá, blá, blá. Conhecemo-nos, apaixonamo-nos, casamos e o natural é virem os filhos.

Eu quero muito, mesmo muito, constituir família, ter bebés e tudo o mais. Ir passar férias em família, ajudar nos TPC's, levá-los ao futebol, natação, ballet, whatever... Quero ensinar-lhes maneiras à mesa, quero dar muitos miminhos, ajudar quando têm problemas e vê-los crescer. A sério que faz parte dos meus planos...


Mas também confesso que tenho MUITO medo. Tenho medo de trazer filhos a este mundo, a este país, que está como está. Tenho medo de não termos condições financeiras para lhes poder dar a melhor educação, as actividades extra-curriculares que querem, roupas de qualidade que não se estraguem cada vez que vão à maquina, brinquedos educativos, tudo isso... Tenho medo de trazer filhos e não poder dar-lhes aquilo que merecem, de não lhes dar pelo menos aquilo que eu tive... Só se ouvem notícias tristes, despedimentos, cortes, aumento nos impostos... Como é que é suposto criar assim uma família? Toda a gente me diz que onde comem dois, comem três... Mas se um filho só comesse e dormisse era simples... Então e os médicos? A escola? O material escolar? A roupa que deixa de servir de mês em mês... E se perco o meu emprego?


São tantas as dúvidas neste momento que a única certeza que tenho é a de tomar a pílula à noite depois de lavar os dentes :(

4 comentários:

Raqs disse...

Acredita, nos tempos que correm hoje, até para lavar os dentes devemos pensar duas vezes (será que a pasta dentífrica ficou mais cara?)!

Lau* disse...

É como dizes é o ciclo normal das coisas...mas por vezes acho que a socieadade de uma foma geral nos tenta apressar. É estranho. Vejo pessoas casadas há menos de um ano bombardeadas constantemente com essa pergunta. É norma com a situação em que vivemos que as mulheres tenham a certeza que o método contraceptivo é para manter...parece que não param para pensar que por vezes as pessoas têm medo do futuro e do que ele lhes pode reservar ou simplesmente que não estão preparados ainda...querem curtir a vida a dois um bocadinho...

*C*inderela disse...

felizmente ainda não ouvi essa pergunta irritante. mas sim, também tenho esses receios.

Me disse...

É verdade que não deixa de ser um cliché o que te vou dizer, mas se esperares pelo momento certo, nunca serás mãe.

"Senãos", dúvidas, dificuldades ou constrangimentos irão sempre existir. O momento ideal nunca vai chegar se esperares por ele. Mas tenho a certeza de que quando acontecer será SEMPRE o momento perfeito.

Anyway, tens tempo ;)

Bisouxxx